• 3 é Par

Por que o Planejamento Estratégico é importante?

Independentemente de quão bem você se preparar, você é obrigado a enfrentar desafios ao longo do caminho e, após encarar algumas mudanças, sobrevive quem planeja!

Resistir ao cenário empresarial, complexo e altamente competitivo, está cada vez mais difícil para as empresas. A realidade mostra que cada vez mais as empresas precisam se organizar, definindo quais são os seus objetivos e quais estratégias serão adotadas para alcançá-los, a fim de atingir os resultados esperados e, inclusive, contornar situações inesperadas que possam comprometer o rendimento dos negócios. 


Nesse sentido, o Planejamento Estratégico é utilizado como um importante instrumento de gestão, contribuindo para uma diversidade de fatores que vão desde a definição de prioridades, direcionamento de energia e recursos, à garantia de que os funcionários e outras partes interessadas da empresa estarão trabalhando em direção a objetivos comuns. 

O Planejamento Estratégico é flexível, ele é resposta a um ambiente que, ao longo do ano, às vezes demanda ajustes. É um esforço disciplinado que estabelece um acordo em torno dos resultados, produz decisões e ações fundamentais, moldando e orientando o que é uma organização com foco no futuro. O Planejamento Estratégico efetivo articula não apenas onde uma organização está indo e as ações necessárias para progredir, mas, também, preocupa-se com a construção de indicadores que mostrem o quão bem sucedido estão sendo.


Há diferentes metodologias para o Planejamento Estratégico e, embora não existam regras absolutas com relação à estrutura correta, é importante que se tenha amplo conhecimento no assunto para não trazer resultados indesejados (lembre-se: indicadores equivocados levam a resultados equivocados). Em geral, há quatro etapas comuns: 1)análise situacional, para entendimento dos cenários internos e externos atuais; 2) definição estratégica, desenvolvimento de uma estratégia de alto nível considerando aonde se deseja chegar; 3) tradução da estratégia, corresponde ao planejamento em "itens de ação"; 4) avaliação, avaliação e monitoramento contínuo de desempenho, cultura, comunicação e etc.


Desenvolver um plano estratégico exige disciplina, previsão e muita honestidade. Quando pronto, é importante que seja compartilhado com todos os integrantes da equipe responsável pela gestão da empresa e, por sua vez, deve ser repassado aos colaboradores as premissas básicas para que todos tenham conhecimento dos objetivos e metas da empresa e o que se espera de resultados de cada colaborador.

13 visualizações